Clique e assine a partir de 9,90/mês

Venda de papelão encerra 2011 com alta de 1,76%

Por Da Redação - 31 jan 2012, 09h30

Por André Magnabosco

São Paulo – A Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO) acaba de divulgar o resultado oficial do setor em 2011, ano no qual as vendas de papelão ondulado totalizaram 3.217.911 toneladas, um novo recorde histórico. O resultado representa expansão de 1,76% em relação ao ano anterior (3.162.146 toneladas), antigo recorde. A média mensal de vendas no ano foi de 268.159 toneladas, ante 263.512 toneladas de 2010.

Ainda no final de 2010, a ABPO chegou a projetar que as vendas do setor pudessem crescer entre 4,5% e 5% no ano passado. A retração das exportações brasileiras causada pela valorização do real no primeiro semestre e as turbulências na economia mundial causadas pela crise na Europa, entretanto, levaram a entidade a reduzir as estimativas. Em junho, a ABPO já sinalizava que a expansão no ano seria de 3,5%, número que foi atualizado para um crescimento de aproximadamente 2% ao longo do segundo semestre.

Dezembro

Continua após a publicidade

O resultado atualizado divulgado nesta terça-feira ficou levemente acima do dado preliminar apresentado pela entidade no início do mês. As vendas em dezembro ficaram em 254.905 toneladas, com alta de 2,44% em relação a dezembro de 2010. Na comparação com novembro, o indicador encolheu 9,79%, variação ocasionada principalmente por questões sazonais. Os números preliminares indicavam vendas de 253.166 toneladas em dezembro.

Publicidade