Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Venda de combustível subiu 1,6% no ano passado

Por Da Redação 14 fev 2012, 10h20

Por Alessandra Saraiva

Rio (AE) – O volume de vendas de combustíveis e lubrificantes no varejo restrito subiu 1,6% no ano passado, o pior resultado desde o ano da crise em 2009 (0,8%). Para o gerente da Coordenação de Serviços e Comércio, Reinaldo Pereira, os preços em alta dos combustíveis afastaram o consumidor das bombas no ano passado.

“No ano passado, o preço do álcool subiu quase tanto quanto o da gasolina. O consumidor nem podia optar por um combustível mais barato. Então, para economizar, reduziu consumo. Isso acabou diminuindo as vendas”, explicou.

O menor interesse do consumidor por combustíveis e lubrificantes também foi perceptível no desempenho de vendas na margem. Em dezembro de 2011, as vendas nesta atividade caíram 0,5% contra novembro, e contribuíram para a variação menos intensa no volume de vendas nacional restrito, na mesma comparação (0,3%).

Continua após a publicidade

Publicidade