Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vale diz ‘lamentar profundamente’ rompimento de barragens em MG

Em nota, a mineradora afirma que tem oferecido total apoio e assistência às equipes da Samarco, na qual ela tem 50% de participação

A Vale disse nesta sexta-feira que “lamenta profundamente o grave acidente ocorrido nas barragens de rejeitos nos municípios de Mariana e Ouro Preto, em Minas Gerais, e solidariza-se com os empregados, suas famílias e as comunidades atingidas”. Em nota, a mineradora afirma que tem oferecido total apoio e assistência às equipes da empresa e autoridades locais que estão trabalhando na r​egião. A Samarco é formada por uma união operacional (joint venture) entre a Vale e a australiana BHP. Cada uma tem fatia de 50%.

“Gostaríamos de expressar nossa solidariedade a todos os atingidos por este lamentável acidente nas barragens de rejeitos da Samarco em Minas Gerais. Não mediremos esforços para prestar todo o apoio necessário à Samarco e às autoridades neste triste momento para os empregados, seus familiares e as comunidades vizinhas”, declarou Murilo Ferreira, presidente da Vale.

O rompimento de duas barragens de rejeitos da Samarco causou uma enxurrada de lama que inundou várias casas no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana. A notícia fez as ações da Vale abrirem em queda de 4% na manhã desta sexta-feira. Por volta das 15h, os papéis ordinários (com direito a voto) da mineradora estavam em queda de 7,26%. Já os preferenciais (sem direito a voto) caíam 5,85%.

Em comunicado divulgado no Twitter, a corporação confirmou ao menos uma morte, quatro feridos e 13 desaparecidos. Segundo a prefeitura de Mariana, duas frentes de trabalho atuam simultaneamente. Dos 600 habitantes de Bento Rodrigues, cerca de 270 tiveram de passar a noite de quinta para sexta-feira em um ginásio de esportes e numa igreja da região.

A Samarco é a décima maior exportadora do país. A empresa produz as chamadas “pelotas”, pequenas esferas de minério de ferro concentrado usadas na produção de aço. A empresa tem capacidade de produzir 30,5 milhões de toneladas anuais, que são exportadas para mais de 20 países.

Leia mais:

Produção de veículos em outubro cai 30% em relação ao mesmo mês de 2014

Com atraso de quase um ano, hidrelétrica de Teles Pires vai acionar primeira turbina

(Da redação)