Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vale dispara e Bovespa sobe 1,23%

Início do julgamento sobre a cobrança indevida de impostos da mineradora animou os investidores e influenciou no desempenho da bolsa de São Paulo

O Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo, encerrou o pregão desta quarta-feira em alta: o índice subiu 1,23% e chegou a 55.562 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 7,3 bilhões de reais. O resultado foi influenciado pelo bom desempenho das ações da Vale, que registraram alta de 6,48% e fecharam o dia valendo 35,35 reais cada.

A disparada nas ações da Vale se justifica pela expectativa de um julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), que começou nesta quarta-feira. Os ministros do Supremo estão discutindo se é válida uma alegação de cobrança de impostos indevida sobre subsidiárias brasileiras da empresa no exterior. Caso a alegação da Vale seja deferida, a companhia pode receber mais de 27 bilhões de reais, segundo analistas.

Entre as demais ações, os títulos da Petrobras subiram 1,69%. A Gafisa também foi destaque, com ganhos de 6,67%, após notícias de que a incorporadora recebeu propostas por uma de suas subsidiárias, a Alphaville Urbanismo.

Na outra ponta, os papéis do Banco do Brasil caíram 2,17%. No exterior, o dia foi de queda. Os índices norte-americanos Dow Jones e S&P 500 registraram queda de 0,76% e 1,05%, respectivamente.

Leia mais:

Chipre faz Bovespa ter menor patamar desde julho

Vale registra maior prejuízo trimestral da história

Governo argentino ameaça retirar concessão da Vale

(com agência Reuters)