Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

TST declara greve dos petroleiros ilegal e impõe multa diária

Categoria convocou paralisação para esta quarta nas refinarias da Petrobras de todo o país; multa é de 500 mil reais em caso de descumprimento

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) considerou ilegal a greve dos petroleiros, marcada para esta quarta-feira. O tribunal estipulou multa diária de 500 mil reais, em caso de descumprimento.

Para o governo, a paralisação dos petroleiros, neste momento, tem “natureza político-ideológica”. Na ação, para justificar que a greve é política, a AGU e a Petrobras informam que os petroleiros pedem, por exemplo, a demissão do presidente da empresa, Pedro Parente.

A AGU argumenta ainda que o acordo coletivo celebrado entre a empresa e seus funcionários está vigente até 2019, o que comprovaria o caráter político e não trabalhista da paralisação.

Para a advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça, “a sociedade brasileira não pode ser penalizada com a ausência de serviços essenciais por causa de uma greve que não respeita as exigências legais”.

A ministra classifica a paralisação ainda como “oportunista” e considera “inadmissível” a ação de determinado grupo prejudicando um serviço público essencial, trazendo prejuízo para toda a sociedade.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. news da hora

    Tem que acampar com eles nos pontos . Para retirar os marginais ligados as o Lula , Bolsonaro , PCc , CV e cias .

    Curtir

  2. Ataíde Jorge de Oliveira

    *ps:
    –:-NO’NADA
    #NãO”VouTEcontar1seGredo”-:–
    NaDa D+@Justiça não se dar ao RESPeito!
    &
    “NãO,NaDa_DE’ª/º@M䣣’nos’A££¢AN$ÇAR,PqP 😮
    /pçç*19h

    Curtir