Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tesouro francês vende 8,59 bilhões em títulos com juros baixos

Paris, 16 jan (EFE).- O Tesouro francês colocou à venda nesta segunda-feira 8,59 bilhões de euros em títulos a taxas de juros baixas, no primeiro leilão depois que a agência de classificação de risco Standard and Poor’s (S&P) rebaixou a máxima nota que atribuía à dívida soberana do país.

O leilão colocou 4,5 bilhões de euros a 12 semanas com juros de 0,165%, ligeiramente inferior aos do último leilão deste tipo, que foi de 0,166%. Dos títulos a 25 semanas, o Tesouro colocou 2,192 bilhões de euros a 0,281%, contra 0,286% do leilão anterior.

Já os bônus a 51 semanas, com os quais arrecadou 1,895 bilhões de euros, tiveram juros médio de 0,406%, contra 0,454% dos leilões precedentes.

Esta emissão, a primeira desde que a S&P tirou a França do clube dos países com a máxima qualificação da dívida (a triplo A), na sexta-feira, era muito esperada pelos mercados.

As taxas de juros em baixa mostram, segundo alguns especialistas consultados pela imprensa francesa, que os mercados já tinham antecipado a degradação da nota da França.

A Moody’s, outra das grandes agências de classificação de risco americanas, disse nesta segunda-feira que mantém sob vigilância a dívida francesa, e embora por enquanto mantenha a ‘triplo A’, assegurou que ao longo do primeiro trimestre do ano voltará a avaliá-la, da mesma forma que a do resto da União Europeia.

A terceira grande agência de classificação de risco americana, a Fitch, mantém por enquanto a perspectiva negativa da dívida francesa, mas indicou que não deve mudar sua qualificação em 2012, a menos que aconteçam eventos econômicos importantes.

Nesta emissão, o Tesouro francês esperava colocar entre 7,4 e 8,7 bilhões de euros a curto prazo. O autêntico teste da economia francesa acontecerá na próxima quinta-feira, quando o Tesouro deve colocar entre 7,5 e 9,5 bilhões de euros a longo prazo. EFE