Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Ternium recebe licença para usina em Porto do Açu

Por Da Redação - 6 out 2011, 11h41

Por AE

São Paulo – A Ternium obteve licença prévia para a construção de siderúrgica no Superporto do Açu, da LLX. A empresa de logística do grupo do empresário Eike Batista informa que, no dia 27 de setembro, a Comissão Estadual de Controle Ambiental (CECA) concedeu a licença prévia à Ternium Brasil, autorizando a produção de até 8,4 milhões de toneladas de aço bruto por ano. O projeto aprovado contempla uma pelotizadora e uma siderúrgica integrada para produção de aço em placas e laminados.

A LLX Açu Operações Portuárias, subsidiária da LLX, tem dois contratos com a Ternium de “take or pay” de longo prazo para serviços portuários, um deles para embarque de produtos siderúrgicos e outro para desembarque de carvão, ambos com taxa de retorno de 15% ao ano, em dólares.

Em nota, o diretor presidente da LLX, Otávio Lazcano, diz que com essa capacidade de produção, “o Complexo Industrial do Superporto do Açu poderá se tornar o maior site siderúrgico brasileiro, transformando o Estado do Rio de Janeiro no maior polo siderúrgico do País.”

Publicidade