Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Telefonia celular tem 2 operações aprovadas pelo Cade

Por Da Redação 8 fev 2012, 11h37

Por Célia Froufe

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou hoje, por unanimidade e sem restrições, duas operações envolvendo o setor de telefonia celular com instituições financeiras. Uma das operações é entre a MasterCard e a Telefônica e a outra, entre Bradesco Cartões e a Claro.

A Master e a Telefônica criaram uma joint venture para desenvolver, comercializar, promover, solicitar, oferecer, vender e prestar Serviços Financeiros aos Clientes da Vivo. Conforme parecer da Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae), as atividades da nova empresa serão realizadas pela MFS Serviços (50% da Master e 50% da Telefônica).

O objetivo da MFS é oferecer serviços baseados em nova tecnologia, que permitirão aos clientes da Vivo utilizar seus aparelhos celulares para receber serviços financeiros móveis, independentemente de terem conta bancária. A relatoria do processo estava com o conselheiro Carlos Ragazzo.

Com atuação semelhante, o Cade aprovou sem condições a criação de uma joint venture criada em 14 de outubro do ano passado entre o Bradesco Cartões e a Claro. A nova empresa, chamada de MPO Processadora de Pagamentos Móveis, é responsável por distribuição, emissão e administração de contas pré-pagas móveis “co-branded”. A relatoria é do conselheiro Marcos Verissimo.

Continua após a publicidade
Publicidade