Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suco de laranja em NY fecha na mínima de 2 anos e meio

NOVA YORK, 17 Mai (Reuters) – Os futuros do suco de laranja nos Estados Unidos fecharam na mínima de dois anos e meio nesta quinta-feira, com a oferta abundante e a fraca demanda no varejo pressionando ainda mais o suco, em um mercado que perdeu quase metade de seu valor desde que atingiu pico recorde no início do ano, disseram analistas.

O contrato julho na bolsa de Nova York perdeu 6,95 centavos, ou 6,16 por cento, fechando a 1,0585 dólar por libra-peso, após ser negociado entre 1,039 dólar e 1,137 dólar por libra-peso.

Foi o menor valor de fechamento para o contrato spot desde 8 de outubro de 2009 e a maior queda em um dia desde meados de janeiro, de acordo com dados da Thomson Reuters.

“Não há tempestades lá fora (ameaçando a Flórida) e nenhum interesse (entre os investidores) na compra”, disse o analista Jack Scoville, do The Price Group.

A Flórida é o maior produtor do cítrico nos Estados Unidos.

O mercado recuou quase 50 por cento desde que subiu a um recorde em janeiro, devido aos temores de uma queda na oferta quando se descobriu um fungicida proibido pelos EUA sendo usado nos produtos brasileiros exportados.

Tais temores se dissiparam e os preços caíram diante da oferta abundante e da fraca demanda no varejo, disseram fontes do mercado.

O mercado deve voltar a ter sustentação depois do início da temporada de furacões do Atlântico a partir de 1o de junho, disseram corretores, lembrando que as tempestades poderiam afetar pomares na Flórida.

A temporada de furacões termina em 30 de novembro.

(Reportagem de Rene Pastor)