Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Standard & Poor’s reduz nota de 15 bancos espanhóis

No mesmo dia em que a Fitch rebaixou 5 bancos da Espanha, a S&P estende a redução para mais 10 instituições do país

A Standard & Poor’s reduziu nesta segunda-feira a nota de 15 bancos espanhóis, incluindo os líderes do setor. O rebaixamento de instituições como Santander, BBVA, Bankia e CaixaBank veio depois de a agência de classificação de risco ter diminuído a nota da Espanha no mês passado.

A agência reduziu a classificação de solvência de 10 bancos em um nível e de outros cinco em dois níveis. No caso do número um do setor, o Santander, houve uma queda de A+ para AA-, e a nota do segundo maior banco espanhol, BBVA, passou de A+ para A, informou a S&P.

A Espanha, que registrou um crescimento fraco em 2011 (0,7%) cairá previsivelmente na recessão neste trimestre e o Banco da Espanha prevê um retrocesso de 1,5% do PIB para o conjunto de 2012.

Dia de rebaixamentos – Mais cedo nessa segunda-feira, a agência Fitch já havia reduzido a nota de cinco bancos espanhóis: Santander, BBVA, Bankia, Caixabank e La Caixa. A nota do Santander perdeu dois graus, enquanto a dos outros caiu um nível. No entanto, a maioria está com perspectiva negativa, o que poderá levar a novas reduções no médio prazo.

A agência explicou em um comunicado que estas reduções são consequência do rebaixamento promovido pela Fitch em janeiro da nota soberana da dívida da Espanha. Além da nota espanhola, em janeiro a Fitch reduziu outros quatro países da zona do euro, entre eles Itália. O motivo apontado foi a deterioração das perspectivas econômicas em um momento em que cada vez mais economistas prevêem um ano de 2012 sob recessão.

(Com agência France-Presse)