Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sob peso da crise, feira de franquias cria área para negócios baratos

Desemprego em alta impulsiona empreendedorismo, e franquias apostam em modelos mais baratos e pagamento facilitado para crescer

Começa nesta quarta-feira, 27, a ABF Franchising Expo, feira do setor de franquias que espera atrair cerca de 65 mil pessoas ao Expo Center Norte, em São Paulo. O evento, que acontece até sábado, 30, apresenta mais de 400 opções de negócio para quem deseja empreender.

Com o desemprego afetando mais de 13 milhões de brasileiros, abrir a própria empresa vira uma alternativa de sobrevivência para quem tem capital para investir. Dados do Sebrae mostram um salto no empreendedorismo por necessidade: em 2014, eram 29% das novas empresas; em 2017, foram 40% dos novos negócios. Neste cenário, as franquias são uma opção interessante, pois, em geral, são negócios já testados e que oferecem suporte ao investidor, explica Lyana Bittencourt, do Grupo Bittencourt, consultoria especializada em franchising.

“O conceito de franquia é transferência de conhecimento, que vem da experiência da empresa franqueadora na gestão do negócio. Ao investir em uma franquia, o empreendedor recebe manuais, treinamento, aconselhamento, consultoria de campo e outras formas de suporte. Isso facilita o aprendizado da operação e minimiza erros”, declara.

Porém, como em qualquer negócio, não há garantia de sucesso e é necessário tomar alguns cuidados antes de se associar a uma marca. “Os interessados em franquia devem exigir a Circular de Oferta de Franquia (COF), um documento que, entre outras informações, traz os dados financeiros da rede e o contato de atuais e ex-franqueados. É preciso analisar os números e conversar com quem está ou já fez parte da rede para saber o que acha do negócio”, recomenda a consultora. Outra dica importante é não assinar nenhum contrato na feira de franquias. “É proibido. Por lei, o interessado tem 10 dias para analisar a COF antes de assinar contrato”, diz Bittencourt.

Negócios a partir de 2.500 reais

Para atrair pessoas que querem empreender, mas têm pouco dinheiro, a feira traz pela primeira vez um Boulevard de Microfranquias, dedicado a redes com investimento inicial de até 90 mil reais. “Tem havido um aumento da demanda por modelos de negócios mais enxutos, como quiosques, home-based, trucks e similares, e a ABF Expo tradicionalmente acompanha os movimentos e tendências do mercado. Daí a relevância de lançarmos um espaço exclusivamente dedicado às microfranquias na feira”, diz Altino Cristofoletti Junior, presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Há opções a partir de 2.500 reais, caso da Freewet (limpeza automativa) no modelo de negócio que não exige ponto comercial (o prestador de serviço vai até o cliente). Outras empresas que estão no espaço dedicado às microfranquias são Escola Guga Tênis (escola de tênis para crianças, do tenista Gustavo Kuerten), com investimento inicial a partir de 65 mil reais; Nutty Bavarian (quiosques de castanhas glaceadas), a partir de 76 mil reais; e Mary Help (serviços domésticos), que custa a partir de 31 mil reais.

Adriana Auriemo, diretora de microfranquias da ABF, explica que existem dois tipos de microfranquias: as que operam exclusivamente com o modelo de investimento inicial baixo – geralmente empresas de serviços, em que o próprio franqueado cuida da operação e não há exigência de ponto comercial – e marcas que possuem lojas convencionais e apostam em um modelo mais enxuto para entrar em mercados menores, como cidades do interior.

“As microfranquias, inclusive, ajudam a trazer para a legalidade empresas que eram informais. O empreendedor vê que, com a franquia, ele vai ter suporte em áreas que ele tem dificuldade”, afirma Auriemo. Ela diz, no entanto, que um cuidado é importante: nunca investir todo o dinheiro que possui no negócio. “É preciso ter uma reserva financeira para bancar os gastos pessoais e da empresa enquanto ela ainda não dá lucro”, indica.

Novidades incluem contêiner e realidade virtual

As 400 empresas expositoras apresentam várias novidades no Expo Center Norte, em São Paulo. Veja abaixo os destaques:

Água de Cheiro – após ser adquirida pela Beauty Franchising em 2016, a marca prevê fortalecer e ampliar sua presença no mercado nacional de beleza em 2018. A empresa, que atualmente contabiliza 196 lojas, sendo grande parte concentrada na região Nordeste, prevê a abertura de 45 novas operações até o final do ano. O investimento inicial é a partir de 84 mil reais.

Investimento inicial em uma loja Água de Cheiro é de 84 mil reais

Investimento inicial em uma loja Água de Cheiro é de 84 mil reais (Samuel Chaves/S4 PHOTOPRESS/Divulgação)

Domino’s Pizza – a maior rede de pizzarias do mundo, que tem 13 mil lojas em 83 países, apresenta na ABF Expo seus novos sistemas de tecnologia para melhor gestão das franquias e economia de custos. O programa Pulse é a grande novidade da marca para atrair novos franqueados, e o investimento inicial é a partir de 730 mil reais. A expectativa é fechar o ano de 2018 com 245 unidades em operação (atualmente são 209).

Emagrecentro – a marca apresenta o modelo de microfranquia, com investimento inicial a partir de 59,9 mil reais e condições facilitadas de pagamento: além de ficar isento da taxa de franquia, os equipamentos e mobiliários utilizados na clínica podem ser parcelados em até 12 vezes, no cartão de crédito ou cheque.

Emagrecentro apresenta o modelo de microfranquia, com investimento inicial a partir de 59,9 mil reais

Emagrecentro apresenta o modelo de microfranquia, com investimento inicial a partir de 59,9 mil reais (Cadu Nickel/Divulgação)

Giraffas – o foco da rede de alimentação é ampliar as possibilidades de localização dos restaurantes para locais mais remotos e cidades menores, com investimento mais baixo. Para isso, está apostando no novo Giraffas Container, com investimento a partir de 550 mil reais.

Giraffas Container é uma das novidades da ABF Expo 2018

Giraffas Container é uma das novidades da ABF Expo 2018 (//Divulgação)

Grupo Afeet – detentor das marcas Authentic Feet, Artwalk e Magic Feet, a empresa tem como meta atingir a marca das 367 lojas até 2021, 200 a mais que o atual. O investimento parte de 460 mil reais.

Loja Authentic Feet, do Grupo Afeet

Loja Authentic Feet, do Grupo Afeet (Foto/Divulgação)

Havanna – a maior e mais tradicional marca de alfajores da Argentina investe no mercado nacional e expande seus negócios nas regiões Norte e Nordeste. A marca aposta em novos modelos e fecha parcerias store in store com grandes redes, instalando seus pontos em locais como livraria Saraiva. O investimento é a partir de 280 mil reais. A empresa prevê duplicar o número de lojas, passando dos 53 atuais para 106 unidades até o final de 2018, e fechar o ano com um faturamento de mais de 100 milhões de reais.

#Hashtec – é uma microfranquia de reparo de celular que oferece baixo investimento, a partir de 30 mil reais, e pertence ao Grupo PLL, especialista em serviços de assistência técnica de celulares, com mais de 13 anos de mercado e que realiza mais de 40 mil reparos por mês. O objetivo é criar uma rede nacional de assistências técnicas focadas em reparo rápido (de 30 a 40 minutos) e venda de acessórios.

iGUi – com mais de 20 anos de mercado, a fabricante de piscinas está presente em mais de 40 países e possui mais de 800 lojas. O investimento inicial é a partir de 250 mil reais  e, para facilitar o acesso à franquia por meio do crédito, a marca possui parcerias com os bancos Santander e Bradesco, que oferecem linhas especiais de financiamento para os candidatos aprovados pela rede.

Instituto Gourmet – participando pela primeira vez do evento, o Instituto Gourmet é uma rede de franquias especializada em cursos profissionalizantes na área da gastronomia. Ingressou no franchising em 2017 e já conta com 32 unidades, faturando 5 milhões de reais por ano. Investimento a partir de 250 mil reais.

Mundo Verde – a rede de produtos naturais apresenta seu novo formato de loja, o quiosque. Criado para atrair novos perfis de empreendedores, requer investimento a partir de 120 mil reais.

VR Gamer – a casa de games de realidade virtual foi inaugurada há dois anos, em São Paulo, e possui duas unidades fixas e uma itinerante. Os equipamentos de alta tecnologia permitem aos clientes locomoverem-se livremente pelo espaço e terem uma experiência totalmente imersiva no jogo. O investimento é a partir de 170 mil reais, e a expectativa é fechar 2018 com dez lojas.

Outras atrações de destaque na feira são a Arena do Conhecimento, com palestras sobre diversos temas associados ao franchising; a área Montando Minha Franquia, que reúne fornecedores do setor como ferramentas de TI, serviços de marketing, geolocalização, design de ponto de venda, sistemas de pagamento, entre outros; e o Smart Mall ABF, com tendências tecnológicas aplicadas ao varejo: soluções para aumento de produtividade, redução de custos, otimização da gestão e aprimoramento da experiência do consumidor.

Serviço

27ª ABF Franchising Expo

Local: Expo Center Norte – Pavilhões Branco e Azul

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo – SP

Quando: de 27 a 30 de junho de 2018

Horários:

> Quarta-feira, 27/06 – das 9h às 19h (horário especial Jogo do Brasil)

> Quinta e Sexta, 28 e 29/06 – das 13h às 21h

> Sábado, 30/06 – das 11h30 às 18h30

Preço do Ingresso Online: R$ 70

Preço do Ingresso na Bilheteria do Evento: R$ 80

Ingressos individuais, intransferíveis e válidos para os quatro dias de evento.

Informações: (11) 3017-6800

Site: http://www.abfexpo.com.br

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wilson Batista

    Sem desmerecer nada que foi dito, também temos a opção de se associar a uma grande empresa e ter uma franquia virtual com mais de 1200 produtos para vender e não ter que investir em estoque, caixa e nem em entrega, só que poucas pessoas conhecem essa opção, posso explicar como no whatsapp 21 98774-1911.

    Curtir