Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Setores pensam em grandes investimentos, diz Mantega

Por Da Redação 22 mar 2012, 15h35

Por Célia Froufe e Renata Veríssimo

Brasília – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quinta-feira que os empresários mostraram entusiasmo para continuar investindo no País. “Os setores estão animados para realizar grandes investimentos e realizar crescimento maior”, afirmou. O governo, de acordo com ele, elegeu os investimentos como uma das molas de crescimento até 2014. “O setor privado vai aumentar os investimentos e o setor privado também se comprometeu”, disse.

Na opinião de Mantega, o investimento é prioritário para deslanchar a economia neste e nos próximos anos. “Vários empresários apresentaram projetos de investimento de grande magnitude”, disse. Segundo ele, os empresários também solicitaram uma carga tributária menor. “Temos trabalhado para reduzir carga.”

Sobre o mercado de trabalho, o ministro ressaltou que os empresários se manifestaram a respeito do custo da mão-de-obra. Ele enfatizou que, no exterior, existe mais desemprego e, portanto, os trabalhadores estão perdendo seus direitos.

Brasília, 22 – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse há pouco que apesar de o Brasil estar em pleno emprego é preciso reduzir o custo da mão de obra no País. Nesse sentido, informou que a desoneração da folha de salários das empresas foi um dos temas na reunião da presidente Dilma Rousseff com empresários.

“Aqui temos uma solução que não prejudica os trabalhadores”, afirmou. Mantega garantiu que a medida tem a aprovação de todo o setor industrial, embora admita que há críticas em relação à velocidade da implementação. “Todos querem que aconteça, talvez queiram que seja mais rápido”, disse. Ele afirmou que o governo irá desonerar a folha de salários em maior escala este ano, sem prejuízo aos trabalhadores.

Continua após a publicidade

Publicidade