Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

São Paulo e Piauí poderão compensar perdas de arrecadação com ICMS

Estados poderão abater dívida com a União para compensar perda arrecadatória do tributo; decisão semelhante já foi concedida ao Maranhão e Alagoas

Por Da Redação
Atualizado em 1 ago 2022, 18h22 - Publicado em 31 jul 2022, 21h50

Os estados de São Paulo e Piauí poderão compensar as perdas obtidas com a medida que reduziu as alíquotas do ICMS para combustíveis e energia por meio do abatimento de suas dívidas com a União.

A decisão foi dada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na tarde deste domingo, 31.  Decisão semelhante já foi concedida ao Maranhão e Alagoas. Os descontos nas parcelas das dívidas dos estados com a União já podem ser efetuados no próximo mês no caso paulista. O governo do estado de São Paulo calcula uma perda de 3,2 bilhões de reais em arrecadação com a redução do imposto. Por determinação, a União não poderá inserir os estados nos cadastros de adimplência pelo não pagamento da dívida.

A medida de redução do ICMS foi sancionada no dia 23 de junho e faz parte de mais uma das estratégias populistas de Bolsonaro para controlar a alta dos preços que está disseminada nesses setores para angariar votos em ano eleitoral.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.