Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ryanair quer limitar consumo de álcool em aeroportos ingleses

Objetivo é inibir o comportamento inadequado de passageiros bêbados a bordo das aeronaves

A Ryanair, companhia área de baixo custo, quer restringir o consumo de álcool nos aeroportos do Reino Unido. O objetivo é inibir incidentes envolvendo passageiros bêbados dentro das aeronaves.

Entre as medidas propostas pela empresa aérea está a limitação da quantidade de bebidas alcoólicas a duas doses por passageiro. O controle seria feito pelo cartão de embarque do cliente. A ideia também é restringir a venda de garrafas de bebidas alcoólicas a duas unidades.

Outra sugestão é que os aeroportos proíbam a venda de álcool nos bares e restaurantes antes das 10h.

A empresa informa que já adotou algumas medidas para evitar o comportamento inadequado dos passageiros, como proibir o consumo das bebidas compras em lojas duty-free. Dependend da rota, os passageiros não podem levar para dentro dos aviões as bebidas compradas nessas lojas – devem embarcar os produtos junto com as malas.

“É completamente injusto que os aeroportos possam lucrar com a venda ilimitada de álcool aos passageiros e deixar para as companhias aéreas as consequências de segurança”, disse o porta-voz da Ryanair, Kenny Jacob.

Segundo a empresa, houve um aumento de 600% nos incidentes envolvendo passageiros bêbados em aeroportos britânicos de 2012 a 2016. Em junho, um casal bêbado foi gravado fazendo sexo em um voo que saiu de Manchester em direção a Ibiza (abaixo).

Passageiros filmam casal no voo da Ryanair

Passageiros filmam casal no voo da Ryanair (//Reprodução)