Clique e assine a partir de 9,90/mês

Risco de recessão nos EUA aumentou, diz a Standard and Poor’s

Risco subiu de 20% para 25% e agência prevê elevação de impostos

Por Da Redação - 21 ago 2012, 17h24

A possibilidade de que os Estados Unidos entrem em recessão no próximo ano aumentou, segundo um relatório da agência classificadora de risco, Standard and Poor’s (SP’s), divulgado nesta terça-feira, no qual a agência alertou sobre os riscos associados à crise na Europa e ao controle do gasto nos Estados Unidos.

A agência norte-americana disse que o risco de que os Estados Unidos entrem em recessão subiu de 20% para 25%, com relação aos cálculos do mês de fevereiro, em um momento no qual a economia do país luta para se recuperar do baque sofrido entre 2008 e 2009.

A S&P também cita as consequências de que o governo se veja diante da possibilidade de ter que cortar drasticamente o gasto e elevar os impostos a partir de 1º de janeiro, para atingir o equilíbrio orçamentário, caso a lei vigente não seja modificada. “A atividade econômica caiu fortemente com relação ao início do ano”, disse a agência.

No segundo trimestre, a maior economia do mundo cresceu 1,5% na projeção anual, registrando uma desaceleração com relação ao final de 2011, em um momento no qual o desemprego continua acima de 8%. Em seu relatório, a agência disse ainda que a economia norte-americana continua registrando um “crescimento modesto” e projetou uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,1% para este ano.

Continua após a publicidade

(Com agência France-Presse)

Publicidade