Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rendimento das obrigações espanholas disparam um dia após eleições

O rendimento das obrigações de Estado espanholas a 10 anos subia com força na manhã desta segunda-feira, um dia depois da clara vitória na Espanha da direita nas eleições legislativas.

Pouco antes das 11H00 (08H00 de Brasília), as taxas espanholas a 10 anos disparavam a 6,500% contra 6,345% na sexta-feira. A diferença entre as taxas espanholas e alemãs a longo prazo – risco país ou prêmio de risco – chegava a 4,58 pontos percentuais (4,33 na sexta-feira).

“Esta vitória eleitoral era amplamente antecipada, e não foi, portanto, vivida pelos mercados como um alívio. Agora é necessário que a direita demonstre sua vontade de agir”, segundo Nordine Naam, da Natixis.

Sob uma pressão muito forte dos mercados financeiros, Mariano Rajoy, que dirigirá o próximo governo espanhol, deve agir rapidamente para tentar controlar a economia espanhola, quarta da Eurozona, ameaçada pela recessão e asfixiada por um desemprego que atinge quase 22% da população economicamente ativa.