Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reino Unido se aproxima de recessão após queda do PIB no 4o tri

LONDRES, 25 Jan (Reuters) – A economia britânica ficou mais perto da recessão nos três últimos meses de 2011, após a produção interna ter se contraído pela primeira vez em um ano, mostraram dados oficiais nesta quarta-feira.

Os resultados reforçam as expectativas de que o Banco da Inglaterra vai injetar mais dinheiro na economia no próximo mês após o chefe do BC inglês, Mervyn King, ter alertado sobre uma dura recuperação pela frente.

O centro oficial de estatística britânico informou a prévia de que o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 0,2 por cento no quarto trimestre após ter crescido 0,6 por cento no terceiro trimestre de 2011. O resultado foi pior do que a contração de 0,1 por cento prevista por economistas.

A queda vem levemente acima da previsão do BC e do Escritório de Responsabilidade Orçamentária, órgão independente que verifica se as metas fiscais do governo são sustentáveis.

Para 2011 como um todo, o PIB se expandiu 0,9 por cento, menos da metade do crescimento em 2010.

No ano, a produção de riquezas no quarto trimestre foi 0,8 por cento maior, inflada pela grande queda um ano antes por causa da neve rigorosa.

Se o PIB do Reino Unido cair nos três primeiros meses do ano, o país terá a segunda recessão em três anos.

O resultado aumenta as chances de que o BC aprove um injeção de mais 50 bilhões de libras em auxílio em fevereiro, tendo em vista que as aquisições com 75 bilhões de libras iniciadas em outubro já acabaram.

King, do BC inglês, disse na terça-feira que o órgão pode colocar mais dinheiro na economia se houver necessidade, já que a inflação está caindo e o país enfrenta uma díficil recuperação.

(Por David Milliken)