Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Profissionais autônomos entram na mira da Receita Federal

A estimativa é que a sonegação da contribuição previdenciária alcance R$ 841,3 milhões no período de 2013 a 2015

Por Da redação
Atualizado em 8 dez 2017, 12h21 - Publicado em 5 dez 2017, 11h44

A Receita Federal começou a cobrar o pagamento em atraso da contribuição previdenciária de profissionais liberais e autônomos de todo o país. São profissionais que declararam rendimentos do trabalho recebidos de outras pessoas físicas, mas não recolheram a respectiva contribuição previdenciária correspondente.

Para alertar sobre o pagamento em atraso, foram enviadas 74.442 cartas, sendo 21.485 só no Estado de São Paulo – 11.269 são de contribuintes residentes na capital.

Segundo a Receita, os indícios apontam para uma sonegação total, no período 2013 a 2015, de aproximadamente 841,3 milhões de reais. Quase 30% (247,5 milhões de reais)  se refere a contribuintes de São Paulo, sendo 15% paulistanos. Os valores não consideram juros e multas.

Os contribuintes notificados poderão efetuar espontaneamente o recolhimento dos valores devidos, com os respectivos acréscimos legais, até o dia 31 de janeiro de 2018.

Continua após a publicidade

A partir de fevereiro, a Receita Federal dará início aos procedimentos de fiscalização dos contribuintes que não regularizarem sua situação, apurando e constituindo os débitos com multas que podem variar de 75 a 225% da contribuição devida.

Além disso, o contribuinte estará sujeito a representação ao Ministério Público Federal para verificação de eventuais crimes contra a ordem tributária.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.