Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prévia da inflação, IPCA-15 avança 0,53% em fevereiro

Aumento de mensalidades escolares é destaque na alta do indicador

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação, teve variação de 0,53% em fevereiro na comparação com o mês anterior. Em janeiro, o índice havia registrado alta de 0,65%. Nos dois primeiros meses do ano, a variação acumula 1,18%, enquanto nos últimos 12 meses, o IPCA-15 ficou em 5,98%, abaixo dos 12 meses imediatamente anteriores (6,44%). Os números foram divulgados na manhã desta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Esta é a primeira divulgação do IPCA-15 com a nova estrutura de pesos, que incorpora os resultados dos gastos de consumo da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, conforme comunicado em setembro de 2011.

O grupo Educação, que avançou 5,66%, apresentou a maior variação e o principal impacto no índice, contribuindo com 0,25 ponto percentual na taxa de fevereiro. Segundo o IBGE, o resultado reflete os reajustes feitos no início do ano letivo, como aumento de mensalidades e matrículas.

Em Despesas Pessoais o avanço mensal chegou a 1,07% em fevereiro – a segunda maior variação do mês e impacto de 0,11 ponto percentual. Nesse grupo, tiveram destaque os aumentos de preços de serviços domésticos, manicure e cabeleireiro.

Alimentos desaceleram – Segundo o IBGE, a alta dos preços de alimentos e bebidas desacelerou de 1,25% em janeiro para 0,29% em fevereiro, sobretudo nos alimentos consumidos fora do domicílio (de 1,47% para 0,65%). A variação dos preços das carnes recuou de 2,03% para -2,10%. De acordo com o instituto, vários alimentos mostraram-se mais baratos de um mês para o outro, com destaque para o tomate (de 11,22% para -3,82%), açúcar refinado (de -1,58% para -2,72%), açúcar cristal (de -1,52% para -1,82%) e pão francês (de 0,76% para -0,41%).