Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preços ao produtor nos EUA ficam estáveis em março

WASHINGTON, 12 Abr (Reuters) – Os preços ao produtor nos Estados Unidos ficaram inesperadamente estáveis em março, na medida em que uma queda nos custos da gasolina compensou a alta dos preços dos alimentos, de acordo com um relatório do Departamento do Trabalho divulgado nesta quinta-feira.

O Departamento disse que seu índice de preços ao produtor ajustado à sazonalidade ficou inalterado no mês passado, depois de ter avançado 0,4 por cento em fevereiro.

Economistas consultados pela Reuters esperavam alta de 0,3 por cento.

Preços no atacado, excluindo os setores voláteis de alimentos e energia, subiram 0,3 por cento, após ganho de 0,2 por cento registrado em fevereiro.

Esse resultado veio levemente acima das expectativas dos economistas de um avanço de 0,2 por cento e marcou o quinto mês consecutivo de aumento no núcleo dos preços ao produtor.

Quase um terço do aumento no núcleo do índice foi atribuído aos preços de caminhões leves. Preços mais altos para veículos de passeio, sabões e outros detergentes também contribuíram para o avanço.

No entanto, os fabricantes limitaram o escopo para transmitir esses aumentos de custos aos consumidores, dada a ainda considerável frouxidão na economia.

Os preços ao produtor totais foram influenciados pela queda de 2,0 por cento nos preços da gasolina, o maior declínio desde outubro, após uma alta de 4,3 por cento em fevereiro. Isso compensou o aumento de 0,2 por cento nos preços de alimentos, o que interrompeu três meses seguidos de queda.

No entanto, os preços da gasolina subiram 7,5 por cento sem ajustes sazonais.

Nos 12 meses até março, o núcleo dos preços ao produtor subiu 2,9 por cento, após crescer 3,0 por cento no mês anterior.

(Reportagem de Lucia Mutikani)