Clique e assine a partir de 9,90/mês

Preço dos imóveis no Brasil tem primeira queda desde 2009

Valor de imóveis em 20 cidades brasileiras recuou 0,01% na passagem entre julho e agosto, marcando o primeiro recuo nominal do Índice FipeZap

Por Da Redação - 3 Sep 2015, 11h22

O preço dos imóveis em 20 cidades brasileiras caiu 0,01% na passagem entre julho e agosto, marcando a primeira queda nominal desde o início da série histórica do Índice FipeZap, que começou em 2009. Entre julho e agosto, 6 dos 20 municípios pesquisados tiveram retração nos preços dos imóveis: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Niterói e Goiânia.

No acumulado do ano, o Índice registra um crescimento de 1,50% em 2015, enquanto a inflação esperada para o IPCA (IBGE) no mesmo período é de 7,1%. Com exceção de Florianópolis, todas as outras cidades que compõem o FipeZap tiveram variações menores do que a inflação até agosto, sendo que Niterói, Brasília e Curitiba tiveram queda nominal nesse mesmo período.

No período de 12 meses encerrado em agosto a variação do índice foi de 3,32%. No mesmo período, a inflação esperada para o IPCA (IBGE) é de 9,56%.

O valor anunciado do m² médio das 20 cidades em agosto foi de 7.613 reais. A cidade com o m² mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (10.593 reais), seguida por São Paulo (8.607 reais). Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (3.575 reais) e Goiânia (4.179 reais).

Continua após a publicidade

O Índice FipeZap, desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo portal ZAP Imóveis, acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 20 municípios brasileiros com base em anúncios da internet.

Leia mais:

Levy e Tombini viajam ao exterior para participar de eventos do G20

‘Orçamento negativo’ congela novas bolsas do Ciência sem Fronteiras em 2016

Continua após a publicidade

(Da redação)

Publicidade