Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Poupança tem captação líquida de R$ 8,2 bilhões em julho

De acordo com o Banco Central, o valor é o maior para os meses de julho desde o início da série histórica, em 1995

Por Da Redação 6 ago 2012, 16h46

Depósitos somaram 109,5 bilhões de reais no acumulado do mês

Os depósitos voltaram a superar os saques nas cadernetas de poupança em julho. Dados apresentados nesta segunda-feira pelo Banco Central mostram que as contas encerraram o mês passado com captação líquida de recursos de 8,252 bilhões de reais. O valor em novas aplicações é o mais alto para os meses de julho desde o início da série histórica, em 1995.

Segundo o BC, os depósitos alcançaram 109,594 bilhões de reais no acumulado do mês. Boa parte desse dinheiro, porém, acabou sendo retirado nos dias seguintes e os saques somaram 101,342 bilhões de reais em julho. Mesmo após tais retiradas, portanto, houve aplicação líquida de 8,252 bilhões de reais.

Além de os depósitos terem superado os saques, as contas existentes receberam 2,148 bilhões de reais em juros pelas aplicações antigas. Com isso, o mês terminou com 459,442 bilhões de reais depositados na mais tradicional aplicação financeira do país.

Leia mais:

Poupança da Caixa tem captação recorde em julho

Senado aprova mudança na caderneta de poupança

(com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade