Clique e assine a partir de 8,90/mês

Petróleo termina em queda em Nova York e em Londres

Por Philippe Huguen - 20 jun 2012, 16h57

Os preços dos contratos futuros de petróleo terminaram em queda em Nova York e em Londres nesta quarta-feira, afetados pela inesperada alta das reservas semanais nos Estados Unidos, que se somaram à decepção dos investidores após a ausência de um novo plano de flexibilização monetária por parte do Federal Reserve (Fed).

O barril de West Texas Intermediate (WTI, designação do “light sweet crude” negociado nos EUA) para entrega em julho, em seu último dia de cotação, perdeu 2,23 dólares, a 81,80 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em Londres, o barril de Brent do mar do Norte para entrega em agosto, operado no IntercontinentalExchange (ICE), terminou a 92,69 dólares, em queda de 3,07 dólares. Pela tarde, o barril de Brent caiu a 92,38 dólares, seu piso desde 7 de janeiro de 2011.

“O mercado esteve demasiadamente entusiasmado nos últimos dias e o petróleo está agora em uma tendência de queda”, disse Rich Ilczyszyn, analista da iiTrader.com.

O Fed anunciou somente um prolongamento até o final do ano de sua Operação Twist, de recompra de bônus do Tesouro, lançada e outubro, quando o mercado esperava novas medidas de flexibilização monetária.

Continua após a publicidade
Publicidade