Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo termina em forte baixa no Nymex e em Londres

Os principais contratos futuros de petróleo registraram uma forte baixa nesta quinta-feira em Londres e em Nova York, em meio a um repúdio dos valores acionários a uma brusca apreciação do dólar, e após as observações pessimistas do Federal Reserve sobre Estados Unidos, maior consumidor de petróleo mundial, feitas ontem.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do “light sweet crude” para entrega em novembro terminou o dia a 80,51 dólares, em queda de 5,41 dólares (6,3%) em relação à quarta-feira.

Durante a sessão, os preços chegaram a alcançar 79,66 dólares, seu nível mais baixo desde o mês passado no mercado de Nova York.

Já a cotação do Brent, negociado no pregão de Londres, fechou a 105,30 dólares, em baixa de 4,58% em relação à véspera.

O mercado petroleiro segue o ritmo dos mercados acionários, que reagiram de forma negativa ao anúncio de novas medidas de apoio à economia por parte do Fed, que busca rebaixar as taxas de juros de longo prazo.

Contudo, o dispositivo do banco central não inclui uma nova injeção de dólares nos mercado, e os analistas se mostraram céticos quanto à eficiência das medidas.

“O anúncio (do Fed) deprimiu o mercado ao revelar os riscos significativos que pelos quais passam a economia”, estimaram analistas do Commerzbank.

O Fed classificou a recuperação econômica de “lenta” e pontuou uma série de problemas a serem resolvidos.