Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo cai com aumento dos estoques nos EUA

Por Ricardo Gozzi

Nova York – Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda acentuada nesta quarta-feira em reação ao maior aumento semanal em mais de três anos dos estoques norte-americanos da commodity.

O petróleo para entrega em maio fechou em queda de US$ 2,54 (2,44%) na bolsa mercantil de Nova York (Nymex), a US$ 101,47 o barril. Na plataforma eletrônica ICE, o Brent para maio caiu US$ 2,52 (2,02%), encerrando em US$ 122,34 o barril.

Os estoques de petróleo medidos pelo Departamento de Energia (DoE) subiram 9,009 milhões de barris na semana encerrada em 30 de março, alcançando 362,4 milhões de barris. O aumento semanal é o maior em mais de três anos e veio bem acima das projeções dos analistas. Ao mesmo tempo, o nível atual dos estoques é o maior desde junho do ano passado.

A elevação dos estoques coincide com um aumento da produção de petróleo nos Estados Unidos, o que obrigou traders a darem atenção à oferta da commodity depois de a tensão entre o Ocidente e o Irã ter pautado o mercado durante a maior parte do primeiro trimestre do ano.

“Há pouca conversa sobre a questão iraniana agora e o medo diminuiu”, comentou Stephen Schork, diretor da consultoria Schork Group. “Houve grande aumento (dos estoques) nas últimas semanas. Está cheio de petróleo”, observou. As informações são da Dow Jones. )