Clique e assine com até 92% de desconto

Petrobras vende US$ 101 milhões em ativos na Argentina

Em meio a problemas de caixa, Petrobras está vendendo parte de seus ativos para se concentrar em "investimentos prioritários"

Por Da Redação 31 mar 2015, 13h52

A Petrobras vendeu 101 milhões de dólares em ativos na Argentina para a Companhia Geral de Combustíveis (CGC), como parte de seu processo de desinvestimento, informou a própria estatal na noite desta segunda-feira.

O Conselho de Administração da Petrobras Argentina “informa a venda da totalidade de seus ativos situados na Bacia Austral da província de Santa Cruz”, que correspondem a 26 áreas de exploração e produção em terra, “com uma produção média de 15 mil barris de petróleo/dia”. Nesta sexta-feira, o conselho aprovou a venda da totalidade dos ativos.

A Petrobras, que enfrenta um escândalo de corrupção sem precedentes e tem problemas de caixa, está vendendo parte de seus ativos para se concentrar em “investimentos prioritários, principalmente de produção de petróleo e gás nas áreas de elevada produtividade e retorno”, destaca a nota da companhia.

Leia mais:

Petrobras quer reajuste de 13% na remuneração de diretores

Continua após a publicidade

Petrobras diz que ainda não há data para divulgação de balanço

BNDES perde R$ 2,6 bi com Petrobras e balanço é aprovado com ressalvas

A CGC, controlada pelo grupo argentino Corporación América, do empresário Eduardo Eurnekian, já era sócia da Petrobras Argentina em várias áreas, e por meio desta transação passa a controlar e operar uma superfície de 11.500 quilômetros quadrados, segundo a imprensa especializada.

A passagem do controle operacional está prevista para o dia 1º de abril. A venda inclui toda a infraestrutura necessária para sua operação.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade