Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Petrobras fica com terminal no Porto de Santos por 558,25 milhões de reais

Leilão de portos teve poucos interessados e empresa fez a única oferta pela área

Por Luisa Purchio 19 nov 2021, 13h55

O leilão de portos realizado pelo governo na B3 na manhã desta sexta-feira, 19, teve poucos interessados e reflete bem o momento que o país vive: em meio à inflação que pressiona os custos dos projetos de infraestrutura e aos temores sobre qual será a política de preços a ser adotada pela Petrobras devido ao alto preço dos combustíveis. A Petrobras foi a única empresa a fazer uma oferta pelo terminal de granéis líquidos STS 08A, no Porto de Santos, e o arrematou por 558,25 milhões de reais.

Esse é o maior arrendamento portuário brasileiro desde os anos 2000 e a empresa já era a favorita na disputa por já operar no local por meio da Transpetro em um contrato considerado precário – com término previsto para 2014, desde então, o contrato vinha sendo postergado sucessivamente, o que impactava em menores investimentos anuais. Com 305.688 metros quadrados, o terminal será concedido para a empresa por meio de um contrato de 25 anos que prevê investimentos de 792 milhões de reais.

“Esse leilão encerra um capítulo muito complexo da nossa atividade logística. A Petrobras tem quatro refinarias conectadas a esse terminal, é de extrema importância. Esse leilão era muito esperado. Agora, temos 25 anos de estabilidade jurídica. Nossos clientes podem ficar muito tranquilos”, disse Andrea Damiani, gerente executiva da Petrobras. O valor será pago ao governo federal através da companhia docas administradora Santos Port Authority (SPA).

Outros leilões com baixa adesão

Além deste leilão, o governo negociou o terminal STS 08, também no porto de Santos, e o IMB05, em Ibituba, em Santa Catarina. O primeiro deles, no entanto, não recebeu nenhuma oferta, nem mesmo da Petrobras, que poderia arrematar a concessão na ausência de outro interessado.

Já o segundo, atualmente gerido pela estatal do governo estadual SCPar Porto de Imbituba, teve como único interessado a Fertilizantes Santa Catarina, que ofereceu outorga de 200 mil reais pelo terminal de granéis líquidos. Com 7.445 metros quadrados, a previsão de investimentos é de 25 milhões de reais e de capacidade de 14.973 toneladas.

Em solicitação dos interessados, outros leilões programados foram suspensos, entre eles, o do terminal de granéis sólidos vegetais no Porto de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o de granéis sólidos minerais no Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro, e o de carga geral, no Porto de Cabedelo, na Paraíba.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)