Clique e assine a partir de 9,90/mês

Petrobras diz que ainda não há data para divulgação de balanço

Assembleia do dia 29 de abril deve servir para escolher diretores — e não para a divulgação do resultado financeiro

Por Da Redação - 30 mar 2015, 18h49

A Petrobras afirmou, nesta segunda-feira, que ainda não é possível concluir a apresentação das demonstrações financeiras revisadas do terceiro trimestre de 2014 e as anuais auditatas, “apesar dos melhores esforços dos empregados”. Como consequência, a assembleia geral ordinária (AGO), marcada para 29 de abril, deve servir para deliberar sobre a eleição dos administradores e membros do conselho fiscal.

LEIA MAIS:

Radar On-line: Petrobras deve divulgar balanço em 13 de abril

BNDES perde R$ 2,6 bi com Petrobras e balanço é aprovado com ressalvas

Continua após a publicidade

“Outras matérias atribuídas por lei à AGO, tais como, examinar, discutir e votar as demonstrações financeiras e tomar as contas dos administradores; a deliberação sobre a destinação do lucro líquido do exercício e distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2014; e a aprovação do orçamento de capital relativo ao exercício de 2015 serão objeto de deliberação de assembleia geral extraordinária, a ser oportunamente convocada, diz a companhia”.

A estatal ainda afirma que continua empenhada em divulgar, no menor tempo possível as demonstrações financeiras. Se isso não acontecer até o dia 30 de abril, a companhia pode perder o grau de investimento pela agência Standard & Poor’s. Após esse período, a agência deverá colocar a classificação de risco em revisão. A Moody’s rebaixou a empresa para a classificação de grau especulativo no início de março.

(Da redação)

Publicidade