Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras cancela licitação de oito helicópteros

Empresa alega que o corte do aluguel de aeronaves ocorreu diante da revisão dos planos de investimentos

Em meio ao corte geral nos investimentos e na tentativa de reduzir custos para preservar seu caixa, a Petrobras cancelou uma licitação, aberta em janeiro, para contratação de oito helicópteros. Essas aeronaves são usadas para transporte de funcionários para as plataformas de produção, que podem ficar a 300 quilômetros da costa. As de média e grande capacidade podem levar até 19 passageiros.

De acordo com reportagem desta sexta-feira do jornal O Estado de S. Paulo, a empresa Aeróleo Táxi Aéreo, vencedora da licitação, aguardava a contratação dos serviços para o final deste ano, no caso de quatro helicópteros pesados, e para o início do ano que vem, no caso de outras quatro aeronaves de média capacidade. O cancelamento da licitação foi anunciado na quarta-feira, em nota à imprensa, pela Era, multinacional americana sócia da Aeróleo.

Segundo a nota da multinacional americana, umas das maiores operadoras de helicópteros do mundo, a Petrobras alegou que não precisa contratar mais helicópteros, “após uma revisão de suas necessidades em aviação, à luz dos atuais desafios no ambiente macroeconômico e da continuidade das baixas cotações do petróleo”. “A demanda de helicópteros está sendo revista frente os ajustes de investimentos anunciados pela Petrobrás”, diz a nota enviada pela estatal ao jornal.

(Da redação)

Leia também:

Sem Petrobras, 13ª rodada vende apenas 37 dos 266 blocos ofertados

Conselho da Petrobras aprova plano para entrada da BR Distribuidora na bolsa