Clique e assine com 88% de desconto

Petrobras aceita pagar US$ 2,95 bi para encerrar ação nos EUA

Acordo ainda deve ser apreciado pela Justiça e visa a encerrar demandas com quem alega ter tido prejuízo em decorrência de fatos revelados pela Lava Jato

Por Reuters - Atualizado em 3 jan 2018, 21h34 - Publicado em 3 jan 2018, 08h41

A Petrobras assinou um acordo para encerrar uma ação coletiva (class action) nos Estados Unidos. O processo envolve pessoas que compraram ações da companhia e se sentiram lesadas por prejuízos causados em decorrência dos fatos revelados pela Operação Lava Jato.

Em fato relevante divulgado nesta quarta-feira 3, a Petrobras confirmou o pagamento de 2,95 bilhões de dólares em três parcelas. O acordo ainda deve ser apreciado pelo juiz da Corte Federal de Nova York.

Segundo o comunicado da empresa, a assinatura não constitui reconhecimento de culpa e visa a encerrar todas demandas em curso e que poderiam vir a ser propostas nos EUA referente aos fatos revelados pela operação.

O valor vai impactar o resultado do quarto trimestre de 2017. “O acordo elimina o risco de um julgamento desfavorável…(e) põe fim a incertezas, ônus e custos associados à continuidade dessa ação coletiva”, disse a Petrobras.

Publicidade