Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Partido de Merkel insta oposição a apoiar pacto fiscal

Por Da Redação - 27 maio 2012, 11h23

BERLIM , 27 Mai (Reuters) – Um importante dirigente aliado da chanceler alemã, Angela Merkel, fez neste domingo um apelo aos partidos social-democrata (SPD) e Verde, de oposição, para que se abstenham de fazer “jogos políticos” e apoiem o governo no endosso do novo pacto fiscal europeu e um fundo permanente de resgate.

O SPD e os Verdes são aliados e vêm defendendo a mesma causa do novo presidente francês, o socialista François Hollande, e de alguns outros líderes europeus, dizendo que o pacto deve ser acompanhado de novas medidas para promover o crescimento e o investimento na Europa.

Hermann Groehe, do Partido Democrata-Cristão (CDU) de Merkel, declarou em uma entrevista de rádio neste domingo que é importante que a Alemanha envie a toda a Europa um sinal de que está plenamente comprometida com o Mecanismo Europeu de Estabilidade.

Merkel precisa do apoio do SPD nas duas casas do Parlamento para conseguir a ratificação do pacto fiscal a ser definido pelos líderes europeus, o qual vai impor duras normas orçamentárias.

Publicidade

Considerado peça central das diretrizes da Europa para superar a crise da dívida e recuperar a confiança dos mercados, o pacto fiscal requer aprovação de maioria de dois terços porque afeta a Constituição e a soberania nacional.

“Não há lugar nesta questão para fazer jogos políticos”, disse Groehe à rádio Deutschlandfunk. “Seria bom se nós na Alemanha, como âncoras da estabilidade na Europa, enviássemos um sinal de que estabilidade e solidariedade caminham juntas.”

O governo alemão e os partidos de oposição estão chegando mais perto de um compromisso para abrir caminho à aprovação parlamentar de um novo pacto fiscal e um fundo permanente de resgate.

(Por Erik Kirschbaum)

Publicidade