Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Parque submarino do Nickelodeon nas Filipinas já encara oposição

Canal por trás de personagens como Bob Esponja criou projeto para o arquipélago de Palawan, rico em praias e recifes de corais

Por Da redação Atualizado em 11 jan 2017, 12h48 - Publicado em 11 jan 2017, 12h38

Ambientalistas e seus aliados políticos estão tentando derrubar o plano do canal de TV Nickelodeon para construir um parque temático submarino na costa das Filipinas. A atração é parte de um projeto previsto para ser erguido em Palawan, um arquipélago rico em praias e recifes de corais.

A secretária de Meio Ambiente do país, Gina Lopez, anunciou no Twitter nesta quarta-feira que se opõe ao controverso projeto e “não permitirá” que a construção avance, segundo informou o canal de notícias CNN.

Com o avanço das críticas, a empresa parceira do Nickelodeon no projeto tentou minimizar a natureza “submarina” do desenvolvimento. “A única infraestrutura na água é flutuante e todos os empreendimentos estão em terra”, informou o Coral World Park, em comunicado.

  • Isso contrasta com o anúncio feito na segunda-feira pela Viacom, dona do Nickelodeon, anunciando a “primeira atração submarina do mundo a ser construída na Ásia” e um resort com “restaurantes e lounges submarinos”.

    A Viacom afirma que o projeto vai defender a proteção do oceano. E Coral World Park reúne seu desenvolvimento como um programa de conservação de recifes de corais.

    Palawan, composto por uma ilha principal e grupos menores de ilhas ao seu redor, é uma reserva de biosfera designada pela UNESCO e lar de um parque marinho do Patrimônio Mundial da UNESCO.

    A empresa por trás de personagens como Bob Esponja e Dora Aventureira afirmou que sua atração seria localizada em meio a um conjunto de ilhas de areia branca. Os visitantes iriam para as ilhas de barco de alta velocidade, e depois beber e jantar em lounges submarinos e restaurantes localizados a 20 pés abaixo do nível do mar.

    Continua após a publicidade
    Publicidade