Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

OCDE pede que não se fale da possível saída da Grécia do euro

Por Eric Piermont - 23 maio 2012, 09h03

As autoridades políticas e econômicas não devem falar da possibilidade de que a Grécia saia do euro, pelo contrário, devem estudar a maneira de tirar o país da crise, disse nesta quarta-feira o secretário-geral da OCDE, o mexicano Ángel Gurría.

“O que dizemos é que não se deve enviar à Grécia sinais sobre como sair do euro, mas é preciso enviar mensagens sobre como sair da crise”, disse o responsável da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) em um fórum realizado em Paris.

“É preciso seguir se apoiando nos numerosos e difíceis ajustes que a Grécia realizou até agora”, acrescentou Gurría.

Várias autoridades internacionais citaram recentemente a possibilidade de que a Grécia saia da Eurozona, depois que o país não conseguiu constituir um novo governo, sendo obrigado a convocar novas eleições no dia 17 de junho.

Publicidade