Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Obama vestirá guayabera durante Cúpula das Américas em Cartagena

Por Da Redação - 9 abr 2012, 14h21

Albert Traver.

Cartagena (Colômbia), 9 abr (EFE).- O rei Juan Carlos, o presidente venezuelano Hugo Chávez e o escritor Gabriel García Márquez já vestiram as guayaberas do mestre cartagenense Edgar Gómez, que agora confeccionou uma peça especialmente para o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que a vestirá durante a Cúpula das Américas.

Trata-se de uma guayabera branca, sóbria e com trabalho manual mais notório do que o habitual, garantiu em entrevista à Agência Efe Vanessa Gómez, filha do mestre guayabero e que trabalha com ele em seu ateliê.

‘Obama é uma pessoa distinta, especial, alegre, extrovertida’, afirmou Vanessa para justificar que a guayabera que será entregue ao presidente dos Estados Unidos será um pouco mais atrevida do que a habitual entre os líderes.

Publicidade

A filha do mestre guayabero explicou que a camisa terá ‘os bordados de acordo com o personagem, mais visíveis no caso de Obama, sem ser exagerado, com pescoço alto, punho duplo e suas iniciais bordadas’.

Esta camisa caribenha tem sua origem nas margens do rio Yayabo, em Cuba, por isso inicialmente eram chamadas de yayaberas; era a roupa usada pelos camponeses, que ficavam expostos a altas temperaturas.

Posteriormente, adotou-se o nome de guayabera, pelo fato dos camponeses trabalharem na colheita da goiaba.

As guayaberas que Edgar Gómez desenha em um pequeno ateliê dentro da cidade amuralhada de Cartagena de Indias são confeccionadas à mão e com linho natural, o que as transforma em peças únicas e refrescantes para o clima quente e úmido do Caribe.

Publicidade

A encomenda das guayaberas para o presidente dos Estados Unidos não é a primeira importante que recebe o mestre. Anteriormente, ele já confeccionou peças para o rei da Espanha, Juan Carlos I, para o magnata do mundo da informática o americano Bill Gates, o ex-presidente da Colômbia Andrés Pastrana e o ator de Hollywood Mel Gibson.

Entre os clientes figura também o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, embora neste caso Gómez tenha saído do clássico branco para adotar o vermelho, seguindo a preferência do líder venezuelano.

Edgar Gómez reconhece que o interesse por seu trabalho começou depois do casamento do piloto automobilístico Juan Pablo Montoya com Connie Freydell, em 2002, quando as guayaberas se popularizaram, já que seu ateliê fez parte das roupas do evento.

Outro assíduo comprador das roupas da família Gómez é o também ex-presidente colombiano Álvaro Uribe, quem sempre presenteava os personagens ilustres que passavam por Cartagena com esse mimo. O ex-candidato à Presidência dos Estados Unidos John McCain ganhou a sua em uma passagem pela cidade.

Publicidade

‘É por isso que a definimos como roupa praticamente oficial por aqui, em Cartagena’, explicou à Efe Edgar Gómez, ao confessar suas intenções de iniciar uma campanha para que a guayabera se transforme de fato em roupa oficial no município.

O mestre explicou que as guayaberas dão ‘conforto, elegância e frescor’ e garantiu que ‘em uma cidade como Cartagena, vestir terno preto às 15h em um evento é uma tortura e com a guayabera o indivíduo se sente a vontade’.

‘Na Prefeitura, prometeram nos apoiar para que lancemos a guayabera como roupa oficial para os eventos em Cartagena, como já ocorreu em Cuba, onde o uso é obrigatório’, explicou.

Há meses que no ateliê de Edgar Gómez só se trabalha de olho na Cúpula das Américas, que será realizada nesta cidade entre os dias 14 e 15 de abril.

Publicidade

Além das guayaberas que serão usadas pelo presidente Obama e por sua esposa, Michelle, existem outras encomendas, como o do presidente guatemalteco, Otto Pérez, e da chanceler colombiana, María Ángela Holguín. EFE

Publicidade