Clique e assine com até 92% de desconto

Nordeste lidera crescimento no país, diz BC

De acordo com o Boletim Regional Trimestral, o Nordeste cresceu 2,1% entre dezembro e fevereiro, na comparação com os três meses anteriores; a região Norte foi a que registrou menor crescimento no período, de 0,2%

Por Da Redação 7 jun 2013, 14h19

O Boletim Regional Trimestral do Banco Central, documento que traz indicadores econômicos das regiões brasileiras, divulgado nesta sexta-feira, em Porto Alegre, mostra que a região Nordeste foi a que mais cresceu no trimestre compreendido entre dezembro de 2012 e fevereiro de 2013. Nesse período, a atividade econômica do Nordeste cresceu 2,1% em relação ao trimestre finalizado em novembro de 2012, quando havia aumentado 0,7% na mesma base de comparação.

Em termos de crescimento regional, a região Sudeste ocupa o segundo lugar, com alta de 1,4% no período ante uma retração de 0,1% no trimestre encerrado em novembro, na mesma base de comparação. Em 12 meses até fevereiro o índice de atividade do Sudeste cresceu 1,3%.

O BC destaca, no entanto, as quedas de 0,3% até fevereiro e de 2,1% no acumulado em 12 meses, da atividade industrial do Sudeste. Outro ponto negativo da região foi a retração de 0,1% no comércio varejista no trimestre até fevereiro, apesar de o setor ainda apresentar um crescimento de 7,2% no período de 12 meses.

Na região Sul, a alta foi de 1% entre dezembro de 2012 e fevereiro de 2013, ante o trimestre imediatamente anterior, quando houve recuo de 0,8%. Em doze meses, segundo o indicador, houve um crescimento acumulado de 0,6%. O BC relata ainda o crescimento de 0,3% na produção industrial do Sul no trimestre até fevereiro, ante uma queda de 1% no período anterior. Mas aponta um recuo de 4,5% no desempenho do setor nos meses até fevereiro.

Leia também:

Banco Mundial aprova empréstimo de US$ 150 milhões ao estado de Sergipe

Continua após a publicidade

Transnordestina vai atrasar, com sorte, pelo menos 5 anos. E custar o dobro

IPI menor faz crescer produção industrial, segundo IBGE

Resultado do 1º tri indica: Dilma amargará ‘pibinho’ em 2013

Já a atividade econômica no Centro-Oeste aumentou 1,4% entre dezembro e fevereiro, em relação ao trimestre encerrado em novembro, quando havia recuado 0,3%. Em doze meses até fevereiro, o indicador aumentou 2,1%.

Na região Norte, que teve menor expansão no período, o índice de atividade econômica do BC apresentou alta de 0,2% no trimestre finalizado em fevereiro, ante uma contração de 0,4% na mesma base de comparação, no trimestre finalizado em novembro passado. No acumulado de doze meses, a região cresceu apenas 0,4%.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade