Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nokia demitirá 4.000 funcionários em 2012

Por Vesa Moilanen 8 fev 2012, 07h28

A Nokia pretende eliminar 4.000 postos de trabalho em suas fábricas de smartphones na Finlândia, Hungria e México até o fim de 2012, anunciou nesta quarta-feira a empresa líder mundial da telefonia celular.

“O impacto em número de pessoas por país é de 2.300 em Komarom (Hungria), 700 em Reynosa (México) e 1.000 em Salo (Finlândia)”, afirmou o porta-voz da empresa, James Etheridge.

A decisão é uma consequência da revisão das operações de smartphones anunciada em setembro de 2011, quando a empresa advertiu para a possibilidade de cortes.

A Nokia luta para manter a liderança no mercado, depois que seu novo smartphone, Lumia, não conseguiu alavancar as vendas.

A empresa precisa dos novos modelos para manter a ponta em um mercado de concorrência acirrada, contra o Blackberry da RiM, o iPhone de Apple e os aparelhos com sistema Android do Google.

A Nokia registrou prejuízo líquido de 1,2 bilhão de euros (1,5 bilhão de dólares) em 2011, contra um lucro líquido de 1,8 bilhão de euros um ano antes.

Continua após a publicidade
Publicidade