Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nestlé diz que 2012 será um ano desafiador

Por José Roberto Gomes

Zurique – A companhia suíça de alimentos Nestlé disse nesta sexta-feira que 2012 será um “ano desafiador”. Ainda assim, a companhia manteve sua perspectiva de aumentar a receita com as vendas em todos os principais mercados, graças à inovação realizada em setores-chave e, também, à sua rápida expansão nos mercados emergentes.

A Nestlé, dona das marcas Nescafé e Kit Kat, disse que o ambiente de negócios nos países desenvolvidos foi fraco, em contraste com os dinâmicos emergentes. No primeiro trimestre de 2012, a empresa registrou um aumento de 5,6% nas vendas, passando de 20,26 bilhões de francos suíços (US$ 22,28 bilhões) para 21,39 bilhões de francos suíços (US$ 23,4 bilhões). Analistas previam 21,43 bilhões de francos suíços (US$ 23,5 bilhões) em vendas. Em volume, no entanto, o crescimento das vendas foi considerado fraco: 2,8%, ante 4,9% no mesmo período do ano anterior.

O crescimento das vendas foi registrado principalmente na Ásia, Oceania e África, segunda maior região em receita para a companhia suíça. Já na Europa e na América do Norte a crise econômica reduziu o poder de consumo das famílias e prejudicou os fabricantes de alimentos, afetados ainda pela disparada nos preços da commodities. Na Europa, o crescimento orgânico das vendas ficou em 2,3%.

Excluindo o impacto de aquisições e flutuações cambiais, as vendas saltaram 7,2%, acima da meta inalterada de longo prazo da empresa, entre 5% e 6%. A Nestlé ainda manteve as projeções de melhorar o lucro por ação, considerando câmbio constante.

“Como era esperado, 2012 já se confirma como um ano difícil”, disse o executivo-chefe da companhia, Paul Bulcke. “Em muitos mercados desenvolvidos, onde a confiança do consumidor é baixa, o ambiente de negócios está enfraquecido, enquanto na maioria dos emergentes as condições se mantêm dinâmicas e ricas no que diz respeito ao crescimento de oportunidades.”

As ações da Nestlé fecharam na quinta-feira a 57,20 francos suíços (US$ 62,8) e o valor de mercado da companhia somava 186,9 bilhões de francos suíços (US$ 205,5 bilhões). Desde o início do ano, se as ações se valorizaram 5,9%. As informações são da Dow Jones.