Clique e assine a partir de 9,90/mês

Na falta de cédulas, banco indiano cria ‘ônibus-caixa eletrônico’

Canara Bank apelou à solução para tentar reduzir filas em agências após decisão do governo de tirar de circulação as cédulas de 500 e 1.000 rúpias

Por Da redação - Atualizado em 15 nov 2016, 15h00 - Publicado em 15 nov 2016, 14h42

A crise de falta de cédulas de rúpia na Índia levou um banco a criar uma solução bastante heterodoxa: um ônibus que circula pelas ruas para fazer o papel de caixa eletrônico ambulante. A novidade foi criada pelo Narandra Bank para reduzir as filas nas agências.

Na última terça-feira, o primeiro-ministro Narendra Modi anunciou que o país não vai mais usar as notas de 500 e 1.000 rúpias, que correspondem a nada menos que 85% do dinheiro vivo em circulação no país. Pretensamente, a medida visa a combater a evasão de divisão e a corrupção. Mas, até agora, o efeito prático foi a corrida de milhões de indianos às agências bancárias para fazer saques.

O Canara Bank, de atuação regional e sediado em Bangalore, decidiu ir aos clientes em vez de esperá-los nas agências, o que significaria mais filas. A estreia do ‘ônibus-caixa eletrônico’ foi no último domingo, e imediatamente multidões se reuniram em torno do veículo.

O banco já utiliza o ônibus há pelo menos cinco anos para atender clientes de áreas rurais. Mas, com a crise da falta de dinheiro em espécie, o veículo passou a ser usado também na cidade. Nos últimos dois dias, o caixa eletrônico ambulante já registrou 1.600 transações.

Continua após a publicidade
Publicidade