Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Na construção, inflação acumula alta de 7,97% no ano

Por Da Redação 9 dez 2011, 08h05

Por Alessandra Saraiva

Rio – A inflação na construção civil apurada pelo INCC-M acumula no ano elevação de 7,97% até primeira prévia do IGP-M de dezembro, anunciada hoje pelaFundação Getúlio Vargas (FGV).

A aceleração na taxa do INCC-M, da primeira prévia de novembro para igual prévia em dezembro (de 0,16% para 0,71%) foi causada pelo setor de mão de obra, cujos preços voltaram a subir (de 0,00% para 1,19%), devido a resolução de dissídios salariais no período.

Entre os produtos pesquisados, as altas de preço mais expressivas na construção foram registradas em ajudante especializado (1,37%); servente (1,37%) e pedreiro (1,07%).Já as mais expressivas quedas de preço foram apuradas em cimento portland comum (-0,15%); vergalhões e arames de aço ao carbono (-0,13%); e produtos de fibrocimento (-0,68%).

Continua após a publicidade

Publicidade