Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Meta fiscal de 2017 deve ser fechada até quinta, diz Meirelles

Rombo nas contas públicas no próximo ano deve ser de pelo menos 150 bilhões de reais, segundo as propostas atuais

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que a previsão de déficit primário de 2017 deve ser fechada até quinta-feira, e que o governo também tem de pensar em venda de ativos neste contexto.

Segundo ele, que participou de reunião no Palácio do Planalto nesta terça-feira, diversas variáveis precisam ser levadas em consideração, como o crescimento econômico. Dentro do governo há avaliações que o rombo primário de 2017 deve ficar entre 150 bilhões de reais e 170,5 bilhões de reais, mesma projeção para 2016.

No momento, há duas correntes no governo no debate sobre a meta fiscal do próximo ano. A ala econômica defende um déficit de 150 bilhões de reais, sem descartar o aumento de impostos. A ala política, por sua vez, prefere que a meta seja mantida em 170,5 bilhões de reais para 2017.

Leia mais:

Temer pede análise do TCU sobre crédito para Estados

Governo prevê obter R$ 10 bi com novo leilão de hidrelétricas

Nesta segunda, o presidente interino Michel Temer afirmou, em encontro com empresários do agronegócio, que que num “determinado momento” o governo irá tomar “medidas impopulares”. Ele acrescentou que não teme fazer isso porque não tem pretensão eleitoral e se contenta em “colocar o país nos trilhos”.

(Com Reuters)