Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mesmo na pior, Eike Batista ganha site de ‘fãs’

Portal veio a público na véspera do conjunto de julgamentos na CVM, xerife do mercado de capitais, que condenou o empresário a uma multa milionária

Por Da Redação - 18 mar 2015, 20h53

No mesmo dia em que foi julgado (e condenado) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), xerife do mercado de capitais, nesta quarta-feira, o empresário Eike Batista a um valor milionário em multas, surgiu na internet o portal Eike Tudo Pelo Brasil. O portal lista “realizações imprescindíveis para o Brasil” creditadas ao ex-bilionário e conta com o aval do empresário. Os responsáveis negam que a criação do site tenha sido encomendada.

O projeto vem sendo concebido há dois meses, contou o empresário Raphael Paim, proprietário da Origgami Soluções Multimídia, que trabalha com a concepção de sites e já prestou serviço para Flávia Sampaio, esposa do ex-bilionário. Segundo Paim, entre 15 e 20 voluntários estão envolvidos na produção de conteúdo do portal, com fotos, textos e depoimentos de amigos de Eike. São citadas desde a construção do Porto do Açu, no litoral norte do Estado do Rio, até doações para iniciativas sociais, como a conclusão do Hospital Pró Criança, no Rio de Janeiro.

Leia mais:

CVM multa Eike Batista por irregularidades na divulgação de informações

Continua após a publicidade

“Fui com muita sede ao pote”, admite Eike Batista

A criação do canal “não envolve dinheiro”, disse Paim. “Há uma série de pessoas que não estão satisfeitas com a repercussão negativa de algumas notícias envolvendo Eike, como isso está sendo falado”, completou. De acordo com o empresário, funcionários e ex-funcionários das empresas do Grupo X se engajaram na produção do portal, que traz uma lista dos projetos de Eike, vídeos e depoimentos de pessoas próximas ao ex-bilionário, como seu pai, o empresário Eliezer Batista.

“O http://www.eiketudopelobrasil.com.br não tem a intenção de defender Eike Batista de qualquer tipo de acusação que lhe seja direcionada, assim como não pretende enaltecer feitos ou rebater críticas”, consta na apresentação do portal.

Paim já se encontrou pessoalmente com Eike, descrito por ele como “muito simpático”, para discutir projetos. Nenhum deles saiu do papel ainda, nem se trata do recém-lançado Eike Tudo Pelo Brasil. “Apenas avisei para ele que estava sendo criado, pedi autorização. Ele disse `se é para falar de fatos, de realizações, então está liberado'”, contou.

Continua após a publicidade

Uma fonte próxima a Eike confirmou que o empresário deu apoio à criação do site. Oficialmente, porém, a EBX não se posicionou sobre o assunto. A relação da Origgami com Flávia, esposa do empresário, data de outubro passado. A empresa multimídia colocou no ar um blog de moda produzido pela advogada.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade