Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Merkel descarta ‘crescimento a crédito’ para superar crise na zona do euro

Por Da Redação 10 Maio 2012, 04h39

Berlim, 10 mai (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, descartou taxativamente nesta quinta-feira o ‘crescimento a crédito’ para superar a crise na zona do euro, já que, segundo ela, essa opção levaria o velho continente ao começo da crise.

‘Por isso não podemos e não vamos fazê-lo’, disse Merkel em uma declaração de Governo perante o Bundestag, a Câmara alemã, por ocasião das próximas cúpulas do Grupo dos Oito (G8: Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Reino Unido, Itália, Japão e Rússia) e da Otan.

‘O crescimento mediante reformas estruturais faz sentido, é importante, é necessário’, comentou a chanceler, contrária também a qualquer reforma ou renegociação do pacto fiscal assinado por 25 dos 27 países da União Europeia. EFE

Publicidade