Clique e assine a partir de 8,90/mês

Mais uma empreiteira na fila da recuperação judicial

Por Da Redação - 11 mar 2015, 21h10

Mais uma empreiteira envolvida na Operação Lava Jato se prepara para pedir recuperação judicial. A Schahin Engenharia não chegou a ter executivos presos na operação da Polícia Federal, mas é citada nas investigações como integrante do cartel de 23 empresas que se dividiam para ganhar licitações da Petrobras. A construtora já contratou advogados para levar adiante um plano de recuperação – que deve ser protocolado na 2ª Vara de Falências e Recuperações de São Paulo nos próximos dias. Antes dela, a Alumini, que participava da construção da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, também recorreu à proteção judicial para renegociar suas dívidas. A Schahin vive a mesma situação que as demais envolvidas na Lava Jato: o mercado de crédito secou e a Petrobras congelou os repasses enquanto não houver definição sobre o processo de formação de cartel. Na semana passada, a estatal informou ainda que suspenderia a contratação de novos serviços da Schahin e de outra empresa, a TKK, enquanto as investigações não fossem concluídas. (Ana Clara Costa, de São Paulo)

Publicidade