Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mais problemas para Hollande: França entra em recessão

PIB caiu 0,2% no 1º trimestre do ano, mesma queda do 4º trimestre anterior

A economia francesa entrou em recessão depois de uma queda de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre do ano, anunciou nesta quarta-feira o Instituto Francês de Estatísticas (Insee). No quarto trimestre de 2012, o PIB francês também registrou queda de 0,2% – um país entra em recessão quando soma dois trimestres consecutivos de baixa.

Leia também:

Déficit orçamentário da França atinge� € 31 bi no 1º trimestre

Governo Hollande faz um ano com 76% de reprovação

Trata-se da segunda vez em que a França entra em recessão em quatro anos. Para o acumulado do ano passado, o Insee mantém a estimativa de crescimento zero, depois da revisão para baixo do aumento do PIB no terceiro trimestre (0,1% ao invés de 0,2%). Em 2013, o governo francês acredita em um crescimento do PIB de 0,1%.

A confirmação de que a França entrou em recessão é mais um problema para o presidente François Hollande, que completou recentemente seu primeiro ano de governo com uma impopularidade recorde e indicadores econômicos alarmantes. Pela primeira vez se superou o número dos cinco milhões de desempregados, além de manifestações contrárias tanto por parte da direita como da esquerda.

Aproximadamente 76% dos franceses reprovam o primeiro ano de governo do presidente francês, revelou uma pesquisa elaborada pela emissora i-Télé. A pesquisa, realizada entre os dias 24 e 27 de abril com 1.104 pessoas, assinala que somente 15% dos entrevistados consideram como “positivo” o balanço do governo Hollande. Segundo a o levantamento, 56% dos entrevistados que reprovam o presidente disseram ter votado nele no primeiro e no segundo turno das eleições presidenciais.

(Com agência France-Presse)