Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Macau se consolida como centro mundial de jogos de azar

Pequim, 4 jan (EFE).- A cidade de Macau, na China, se consolidou em 2011 como o centro mundial dos jogos de azar, com receitas no valor de US$ 33,480 milhões, um número cinco vezes maior que o calculado em Las Vegas (EUA) no mesmo período, informaram as autoridades reguladoras da ex-colônia portuguesa.

O número total, publicado nesta quarta-feira pelo Departamento de Inspeção e Coordenação de Jogo de Macau, representou, além disso, um aumento de 42% em relação a 2010, apesar de já ser esperado um ano difícil devido à crise financeira mundial.

Os jogadores procedentes do resto da China, onde os jogos de azar estão proibidos, seguem sendo a principal clientela dos cassinos de Macau, muitos deles filiais de famosas casas de jogo de Las Vegas.

Os especialistas consideram, no entanto, que em 2012 a China tentará limitar o crescimento do setor, por temer um excesso de investimentos, chegando a pouco mais de 10%.

A cidade, importante herança colonial portuguesa e que se tornou Patrimônio Mundial da Unesco, acabou com o monopólio público dos cassinos em 2002, o que propiciou a abertura especialmente para capital americano, presente atualmente em cerca de 30 casas de jogos de azar. EFE