Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lucro de bancos cresce 14,5% em 2011

Resultado acumulado de 25 instituições ficou em 49,4 bilhões de reais

Por Da Redação - 10 abr 2012, 12h23

Com 49,4 bilhões de reais de lucro em 2011, os 25 bancos brasileiros de capital aberto somados tiveram um resultado 14,48% maior do que em 2010, de acordo com levantamento feito pela consultoria Economatica. O ganho das instituições financeiras representa 39,4% do total acumulado por 344 empresas de capital aberto avaliadas, excluindo Petrobras e Vale. Sem essas duas empresas, o lucro geral das companhias em Bolsa recuou 2,64% em 2011, para 125,6 bilhões de reais.

Leia também:

Bancos têm interesse em reduzir ‘spreads’, diz Febraban

O lucro das duas gigantes juntas foi de 71,1 bilhões de reais, 8,99% maior que em 2010. Enquanto a Vale teve um crescimento de 25,75% no lucro, a Petrobras teve queda de 5,33% em relação a 2010. Considerando as duas, o lucro das 346 empresas de capital aberto brasileiras foi de 196,7 bilhões de reais, 1,27% maior que em 2010.

Continua após a publicidade

Dos 23 setores analisados, três fecharam 2011 no prejuízo: fundos, com perda de 4,1 milhões de reais (em relação a um resultado positivo de 2,2 milhões de reais em 2010), petróleo e gás, que teve 206,3 milhões de reais negativos, ante 579,8 milhões de reais positivos no ano anterior; e papel e celulose, que teve prejuízo de 655 milhões de reais em 2011, contra lucro combinado setorial de 1,9 bilhão de reais em 2010.

(Com Agência Estado)

Publicidade