Clique e assine a partir de 8,90/mês

Levy leva bronca por ficar ao celular

Por Da Redação - 17 set 2015, 15h41

O Whatsapp do ministro Joaquim Levy estava a todo vapor nesta quinta-feira. Durante a apresentação do novo plano de ajuste fiscal, ao lado do titular do Planejamento, Nelson Barbosa, na Comissão Mista de Orçamento – fechada à imprensa -, o ministro da Fazenda não se desligava do piscar de seu smartphone. Em determinado momento, enquanto parlamentares questionavam Levy sobre cortes de concursos públicos como sendo medida ineficaz de ajuste, já que se trata de redução de gasto futuro, o ministro abstraiu-se da discussão e mergulhou nas conversas ao celular. Foi repreendido pelos parlamentares, que criticaram a falta de atenção do ministro. Para provar que estava atento, Levy citou alguns trechos da pergunta, mas não aplacou a ira de alguns presentes. (Ana Clara Costa, de Brasília)

Leia mais:

Suspensão de concursos públicos atinge mais de 40 mil vagas

Levy: “CPMF é imposto pequenininho e rico e pobre pagam”

Continua após a publicidade
Publicidade