Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

JBS Foods pede registro na CVM para realizar abertura de capital

Emissão de ações da empresa pode ser a primeira de uma companhia na BM&FBovespa neste ano

A JBS informou que sua unidade de alimentos processados, a JBS Foods S.A, pediu registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para realizar uma oferta inicial de ações, a primeira de uma companhia brasileira em 2014. A expectativa do mercado é que a oferta movimente cerca de 5 bilhões de reais.

A empresa informou nesta terça-feira que pretende ser listada no Novo Mercado, nível mais alto de governança corporativa da BM&FBovespa. A operação inclui ofertas primária (ações novas) e secundária (papéis detidos por atuais acionistas) no Brasil e com esforços de colocação no exterior, informou a JBS, em fato relevante.

Leia ainda: Sete anos depois do boom da Bolsa, pequenos investidores fogem do mercado de ações

A JBS Foods é a mais nova unidade de negócios do grupo, criada após a compra da Seara junto à Marfrig, em junho do ano passado, e tem marcas como Fiesta, Doriana, Rezende, LeBon e Frangosul, além da própria Seara.

A JBS Foods teve receita líquida de 2,8 bilhões de reais no primeiro trimestre, recuo de 3,9% sobre o trimestre imediatamente anterior. O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 379,8 milhões de reais, alta de 67,1% na mesma comparação.

Leia também:

Carrefour pode trocar IPO por ‘oferta’ de Abilio

‘Efeito manada’ coloca emergentes na berlinda e afeta o Brasil

A oferta ocorre num momento de desconfiança dos investidores em relação ao cenário macroeconômico brasileiro.

(Com Estadão Conteúdo e Reuters)