Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

iOS 11 pode fazer bateria do iPhone durar metade do tempo

Levantamento confirmou reclamação de usuários sobre o consumo de energia da nova versão do sistema operacional

Por Da redação Atualizado em 27 set 2017, 17h02 - Publicado em 26 set 2017, 23h58

Logo depois do lançamento do iOS 11, a nova versão do sistema operacional da Apple, na semana passada, muitos usuários reclamaram do mesmo problema: a bateria de seus iPhones e iPads estava acabando muito mais rápido do que com o iOS 10.

Para confirmar a suspeita, a empresa britânica de segurança mobile Wandera fez um teste com 50.000 aparelhos, entre iPhones e iPads, e concluiu que, sim, o iOS 11 estava consumindo a bateria mais rapidamente. Smartphones equipados com o sistema antigo iam de 100% de energia a 0% em 240 minutos, em média. Para o iOS 11, esse número caía para menos da metade: 96 minutos.

Segundo o relatório da Wandera, o gasto excessivo de bateria é comum em toda grande atualização e, em alguns dias, o problema tende a diminuir. No caso do iPhone, a questão é agravada pela reindexação do sistema de buscas Spotlight e pelas novas (e pesadas) funcionalidades ligadas à câmera do aparelho, como o reconhecimento facial.

Atualização

Nesta terça-feira, apenas uma semana depois do lançamento da nova versão, a Apple disponibilizou a primeira atualização de seu sistema, o iOS 11.0.1. A empresa afirmou que o update traz “correções e melhorias”, mas não informou se a atualização visa a solucionar o problema do consumo de bateria.

 

Continua após a publicidade
Publicidade