Clique e assine a partir de 9,90/mês

Intel investirá US$ 4,1 bilhões na holandesa ASML

Por Da Redação - 10 jul 2012, 10h07

Por Danielle Chaves

Nova York – A norte-americana Intel vai investir cerca de US$ 4,1 bilhões na holandesa ASML e nos esforços para criar novos instrumentos para fabricação de chips de computador, em um movimento incomum para acelerar o ritmo da inovação no setor. Na operação, que foi anunciada na segunda-feira, a Intel gastará US$ 3,1 bilhões para comprar uma fatia de 15% na ASML e fornecerá mais US$ 1,0 bilhão para pesquisa e desenvolvimento.

A ASML é um fornecedor de máquinas de fotolitografia, que são usadas para definir circuitos de chips em um processo semelhante à impressão. A atual geração de tais ferramentas deverá custar cerca de US$ 60 milhões cada e a ASML e outras empresas estão trabalhando em uma nova tecnologia chamada “Extreme Ultraviolet”, ou EUV, que deverá custar mais de US$ 100 milhões.

Segundo a Intel, os investimentos ajudarão todos os fabricantes de chips a terem acesso a ferramentas mais avançadas em breve. A Advanced Micro Devices (AMD), que é a principal concorrente da Intel em chips para computadores, alertou na segunda-feira que provavelmente teve uma queda de 11% na receita no segundo trimestre deste ano, em comparação com o primeiro. A previsão anterior era de uma faixa entre queda de 3% e alta de 3% no período.

Continua após a publicidade

A Intel forneceu assistência financeira para fabricantes de ferramentas no passado, mas nunca selou um compromisso tão grande como o fechado com a ASML, segundo Brian Krzanich, vice-presidente sênior e diretor-operacional da Intel. “Nós não teremos qualquer acesso especial ou preferencial como consequência desse acordo”, declarou. As informações são da Dow Jones.

Publicidade